Irmandade Metálica
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

W:O:A 2010 - Wacken, Germany

+5
Wisdoom
Raimas
Vito
katryn
Sickness
9 participantes

Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Sickness 10/8/2010, 01:45

Chegámos hoje e como dá para perceber está tudo de molho.
Fica o tópico aberto para, nos próximos dias, serem contadas algumas historias (eu incluído).

Para já, agradecer apenas ao contingente nacional por estes 6 dias absolutamente cavernosos e imbatíveis!!

WACKEN, RAIN OR SHINE.

Sickness
Sickness

Mensagens : 1627
Data de inscrição : 10/08/2009
Idade : 36
Localização : Amadora

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por katryn 10/8/2010, 14:10

Sem palavras, acho que ainda vou demorar muito tempo a assimilar tudo.

katryn

Mensagens : 51
Data de inscrição : 02/01/2010

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por katryn 10/8/2010, 14:17

wacken 2010 the CARALHOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO edition!

katryn

Mensagens : 51
Data de inscrição : 02/01/2010

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Vito 10/8/2010, 16:48

caralho foda-se que épico caralho!

Mais uma vez a macieira a devastar parte das tropas portuguesas e estrangeiras Laughing
a bandeira do benfica deve aparecer no dvd, já vi uma foto no facebook dos grave digger em que ela aparece https://www.facebook.com/photo.php?pid=4686115&id=256056408537&ref=fbx_album é so procurar no centro direita
CARALHOOO!

Vito

Mensagens : 24
Data de inscrição : 23/02/2010

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Raimas 11/8/2010, 00:31

brutal . WAcken caralho \m/

Granda concerto dos 1367 :mrgreen:

Raimas

Mensagens : 3
Data de inscrição : 22/11/2009

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Wisdoom 11/8/2010, 02:03

e POS?
Wisdoom
Wisdoom

Mensagens : 3166
Data de inscrição : 18/08/2009

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Vito 11/8/2010, 05:26

Wisdoom escreveu:e POS?

um grande concerto! tirei-lhes algumas fotos que irei colocar num futuro proximo.
só lhes faltou dizer que eram de portugal!

Vito

Mensagens : 24
Data de inscrição : 23/02/2010

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Wisdoom 11/8/2010, 05:51

Txiii que falha!!

Como foi a reacção do publico e quantas pessoas estariam a ve-los?
Wisdoom
Wisdoom

Mensagens : 3166
Data de inscrição : 18/08/2009

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Vito 11/8/2010, 15:35

deviam estar umas 100 pessoas a ver, muitos "thrashers" a bangar. acho que o pessoal que estava lá curtiu bastante!

Vito

Mensagens : 24
Data de inscrição : 23/02/2010

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Wisdoom 11/8/2010, 15:54

Tao pouca gente,estavam a tocar á mesma hora de outras bandas ou foi por outra razao qq?
Wisdoom
Wisdoom

Mensagens : 3166
Data de inscrição : 18/08/2009

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por katryn 11/8/2010, 18:14

100 pessoas o caralho

deviam ser umas 300 e sim estavam, a tocar a mesmoa hora de outras coisas.

tiveram excelentes reacções quanto a mim, so faltou ficarem por la mais tempo p uma pessoa ofercer umas jolas e tb dizerem q eram d portugal Razz

katryn

Mensagens : 51
Data de inscrição : 02/01/2010

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Baalrech 11/8/2010, 19:41

Contaram-me que como começou a chover, entrou muita gente na tenda onde eles estavam a tocar Smile
Baalrech
Baalrech

Mensagens : 438
Data de inscrição : 06/08/2009
Idade : 47
Localização : Southern Shores of Lusitania

http://baalrech.deviantart.com/gallery

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por katryn 11/8/2010, 21:50

que eu estivesse visto, so choveu uma vez e foi qnd chegamos à vila pq qnd entramos na zona dos bilhetes ja tinha parado ^^ dps chuviscou em UDO tb, agr POS nop

katryn

Mensagens : 51
Data de inscrição : 02/01/2010

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Sickness 11/8/2010, 22:56

Realmente não vi chover nessa tarde, estiveram 3 dias bem quentes! Na verdade só choveu mesmo durante 2 horas no dia 0 (zero) e durante o ultimo concerto do festival (UDO). O pessoal começou a ouvir thrashalhada fixe e foi-se chegando à tenda... apostaria numas 300 pessoas vá. E acho que as metal battles de 4ª feira, pelo menos até à hora da abertura oficial não coincidiam com nada, a nao ser com o beergarden. Sinceramente não me agradou nada que tenham visto 3 ou 4 bandeiras portuguesas e nada tivessem dito acerca disso.

Domingo dedico-me a escrever um pequeno livro sobre o Wacken 2010.

PS: Ali o Raimas é que sabe Laughing
Sickness
Sickness

Mensagens : 1627
Data de inscrição : 10/08/2009
Idade : 36
Localização : Amadora

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Vito 12/8/2010, 15:11

se nao me engano tocaram as 15.25 as 15.50
a essa hora estava imenso pessoal a ir para os palcos principais

Vito

Mensagens : 24
Data de inscrição : 23/02/2010

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Shazambrah 12/8/2010, 20:18

Como se diz greetings em português?

Dia 5

Prayers of Sanity – Boa prestação da banda nacional, com 150 espectadores atentos e outros tantos curiosos. Faltou dizer que eram de Portugal. Poderia dizer que se tratou de esquecimento, mas as bandeiras estavam lá para lembrar.

Skyline & Guests – Coisinha light com a fresca na mão. O pessoal estava a ambientar-se, mas o monstro do Wacken ainda não tinha acordado.

Metal Hammer Award – Só mesmo para descontrair, porque os prémios não foram nenhuma novidade.

Alice Cooper – Meia hora de atraso. Estranho. Pensei que tivesse ido mudar a algália ou adaptar uma arrastadeira para aguentar a hora e meia de concerto. Com este senhor é sempre espectáculo garantido. Depois de o ter visto no Freeport, nada mudou. Voltou a morrer 5 vezes em palco, as malhas míticas estavam todas lá. Bom concerto.

Iron Maiden – Muitos milhares devem ter saído das criptas para os ver. Vi o Wacken overcrowded, não se conseguia entrar dentro do recinto dos palcos. Seriam umas 100 mil almas. Vi na televisão, no jardim, sentado, deliciado com as malhas e com a Beck’s. Não tive pena de não poder estar lá dentro, uma vez que já os vi várias vezes. Momento da noite: quando começam os primeiros acordes de Fear of the Dark, toda a gente se levanta. Respeito. Bonito. Um concerto de nível, apesar de achar que o Bruce já não faz grandes correrias e que insistia em vender o novo CD.

Dia 6

Amorphis – Excelente maneira de começar a manhã. Grande concerto, a presença que se quer e com qualidade, muita qualidade. Momento de emoção quando tocam a Black Winter Day, malha que não ouvia ao vivo há quase 20 anos. Ficou na memória.

Orphaned Land – Na grade, firme, à fã. Uma das minhas bandas preferidas. E ali estava eu, no meio dos israelitas. Surpresa quando reencontro um casal do Norte, unidos pelo Amor e pelo Metal, fãs até ao osso. Quanto ao concerto, ao ar livre o som torna-se brutal e as malhas deslizam por harmonias e ritmos pouco ouvidos hoje em dia. Percorreram os vários álbuns e tocaram inevitavelmente o hit do novo trabalho. Inesquecível.

Kamelot – Conheço apenas coisas ouvidas e guardadas aqui e ali, mas gostei da prestação da banda. Um final de tarde princípio de noite em beleza.

Tarja Turunen – Decepção, para esquecer. Aquilo assim não cola. Dei o benefício da dúvida e ainda ouvi três músicas. Não deu. Rumei à esquerda.

Arch Enemy – Vindo da direita, aqui encontrei conforto. Muito difícil esta banda não dar um bom concerto. Mais uma vez, não decepcionou. Felizmente que deixei para trás a Tarja.

Grave Digger – Apenas uma palavra: sublime. Espero bem que façam um DVD, porque foi um concerto histórico. Os Tunes of War soaram e de que maneira. Momentos únicos.

Slayer – Iguais a si mesmos, não deixaram cair o pessoal que já cambaleava. Nota muito positiva.

Anvil – Embora não esteja muito dentro das minhas preferências, gostei. Estava um pouco entornado, mas ainda vivo e a ouvir bem. Vi e ouvi do princípio ao fim.

Atrocity – Estava na grade com o Mister Fear of the Key (não é engano, é assim mesmo). Interessante poder assistir a um concerto com tanta paz de espírito, boa disposição e qualidade de metal. A Liv cantou algumas partes, mas a voz dela já não é aquilo que era e até em pequenas coisas notam-se as falhas. No entanto, foi uma boa maneira de terminar a noite.

Dia 7

Overkill – Sem palavras. Extâse total. No palco e fora dele. Com tantos anos a virar frangos, o rapaz, ali, a cantar, de cigarrinho na mão. Que escola! Que boa escola! Memorável.

Stratovarius - Curiosidade por os ver ao vivo. Não me senti defraudado. Um concerto bastante completo, só para apreciadores.

Edguy – Descontracção. Bom heavy metal, de cerveja na mão. Positivo.

Candlemass – Vi sentado, num local mais elevado. Parecia que estavam a tocar para mim, em minha casa. E acho que todos os que lá estiveram também assim o sentiram. Profissionalismo e saber passar a mensagem, tocar em each and everyone of us.

Tiamat – O Wild Honey não é um álbum fácil. Ainda o tenho em cassete. A atmosfera estava espectacular. Quando se começou a ouvir o som da chuva a sair do palco, a chuva começou mesmo a cair. Medo, muito medo. Apesar de esticarem o álbum para o tempo que tinham, para mim, foi um dos melhores concertos do Wacken.

UDO – Chamam-lhe o Pato Donald, mas Metal é Metal. Como era hora de despedida, sacudi o resto das forças que ainda tinha na carcassa. Terminou com os tomates contra a parede.

Melhores 5 (em modo shuffle)

Grave Digger
Overkill
Tiamat
Orphaned Land
Amorphis

Notas soltas

- Lascas
- Pussyfer
- Fear of the Key
- Brigadeiros com álcool
- Desnudados inveterados
- Lascas
- Gargalhada no cagatório
- Lançamento de lanças e machados
- Israelitas a 5 meses de irem para a tropa
- Pessoal a pagar para levar vergastadas no lombo
- Lascas
- Olá, vendo bolos no Wackinger
- Moças de cócoras no meu quintal enquanto comia dobrada
- Vizinhos germânicos rendidos à Macieira e ao tinto nacional
- Introspecções, filosofias, poderes na aurora
- Lascas
- Solos de canadiana
- Karaoke viciado
- Fotos na grade tipo passe
- Velhos camaradas do carrinho de supermercado
- Portugal!? Ohhhhhh!!!
- E mais, muito mais!

Já sabem como se diz greetings em português?
Shazambrah
Shazambrah

Mensagens : 191
Data de inscrição : 06/08/2009

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Vito 13/8/2010, 00:08

foda-se já me tinha esquecido dos cabrões dos brigadeiros com bagaço Laughing

Em vez de atrocity tive a ver cantus buranos, que foi bastante engraçado. Não é mesmo aquilo que se espera de um festival de metal!
e daquilo que vi de atrocity, deviam mudar o nome para gaytrocity. foi completamente abominavel e horrivel.

Vito

Mensagens : 24
Data de inscrição : 23/02/2010

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Shazambrah 13/8/2010, 17:34

Vito escreveu:foda-se já me tinha esquecido dos cabrões dos brigadeiros com bagaço Laughing

Em vez de atrocity tive a ver cantus buranos, que foi bastante engraçado. Não é mesmo aquilo que se espera de um festival de metal!
e daquilo que vi de atrocity, deviam mudar o nome para gaytrocity. foi completamente abominavel e horrivel.

Presumo que não tenhas visto a parte das jaulas...
Shazambrah
Shazambrah

Mensagens : 191
Data de inscrição : 06/08/2009

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por DarkCapricorn 15/8/2010, 13:57

Shazambrah escreveu:
Vito escreveu:foda-se já me tinha esquecido dos cabrões dos brigadeiros com bagaço Laughing

Em vez de atrocity tive a ver cantus buranos, que foi bastante engraçado. Não é mesmo aquilo que se espera de um festival de metal!
e daquilo que vi de atrocity, deviam mudar o nome para gaytrocity. foi completamente abominavel e horrivel.

Presumo que não tenhas visto a parte das jaulas...

exacto... nem a liv kristine sunny

greetings = saudaçoes Wink

estamos la para o ano shazambrah?
DarkCapricorn
DarkCapricorn

Mensagens : 165
Data de inscrição : 27/08/2009
Idade : 38
Localização : Asgard

https://www.facebook.com/daniel.lemminkainen

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Sickness 15/8/2010, 20:40

Vinha escrever umas palavras sobre estes 6 dias fora, mas ali o post do Shazambrah partiu-me todo LOL. Sempre a tocar na mouche, de forma sublime e subtil ahahah!
Sickness
Sickness

Mensagens : 1627
Data de inscrição : 10/08/2009
Idade : 36
Localização : Amadora

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Sickness 16/8/2010, 14:05

Chegámos dia 4 a Hamburgo, bebemos umas frescas, fizemos todas as antevisões, pernoitámos lá na zona da famosa (e agora entendo) Reeperbahn, e no dia seguinte fizemos: Reeperbahn - Hauptbanhof - Itzehoe - Wacken. A chuva ameaçava 3 dias de porcalhice, o que não veio a acontecer, muito pelo contrário. Quando lá chegámos, foi tempo de ir às t-shirts (e já só havia XL's!!!), e socializar no Beergarden até não dar mais.

Dia 5 - A abertura.

Ida à vila. Simpática, agradável e um pouco mais movimentada que no resto do ano. Em cima das 15, cheguei ao recinto e de imediato segui para o WET, debaixo de um sol pouco normal naquelas paragens.

Prayers of Sanity - Incluído nas Metal Battles, ainda antes da abertura oficial. Foram 25 minutos de bom thrash, numa tenda que registava "boa" assistência e algum pó! Boa ideia a de distribuírem cd's no fim! Pena o tal esquecimento.

Skyline - O típico início, com uma homenagem a DIO e com Doro e UDO a subirem ao palco para um cheirinho (We are the metalheads; All we are; Balls to the wall). Vi ao longe, sentado na relva à conversa e a observar um mundo imenso à minha volta.

Alice Cooper - Um dos nomes de que já ouvia falar quando me iniciei no heavy metal. Não conheço muito, apenas meia dúzia de malhas soltas, mas tinha de o ver. Grande espectáculo deu o homem, com muito teatro à mistura (ele morreu umas 5 vezes!). Ah e a "Poison" foi um dos momentos do festival!

Iron Maiden - Estava muito bem sentado na zona do camping a ver o pôr do sol e a ouvir Motley Crue, quando me lembrei que estava na hora. Como não poderia deixar de ser, foi espectacular!!! Tirando uma ou outra malha que não gosto, foi Maiden puro e duro. Pena não ver praticamente o palco, mas tinha de estar cá atrás para conseguir entrar no WET.

Gojira - O motivo pelo qual me resguardei em Maiden e saí um pouco antes do fim do concerto. Que puta de brutalidade (não no sentido da matança)! Um som perfeito, tecnicamente irrepreensíveis, uma parede sonora que me transportou para algures do primeiro ao ultimo minuto. A tenda estava possuída ao pés dos avecs!

Beergarden und franziskaner...

Dia 6 - O degredo.

Dew-Scented - O tradicional concertozinho às 11 horas. Cada vez acho mais que este tipo de som é todo igual. As músicas parecem ser sempre as mesmas. A nível da atitude, essa está toda lá, mas de resto é extremamente cansativo. Valeu essencialmente pela t-shirt de Switchtense que o guitarrista envergava. E sol começava a aparecer em força!

Amorphis - Felizmente uma nuvem tapou o sol durante o concerto quase todo. Se assim foi penoso, imagine-se com o calor que se revelaria a seguir. Eles podem ser bons, eu é que não tenho paciência.

Orphaned Land - Ora aqui está um daqueles concertos que não importa se está quente ou frio. Fabuloso! Um frontman bem disposto e sempre a integrar o público no espectáculo. Sapari, por ser a música que me fez gostar deles, foi um grande momento. Acredito que num espaço mais intimo funcione melhor, mas foi bom!

Entretanto, alguns de nós estivemos sentados nas tendas a morrer devagarinho...mas estávamos em África ou quase na Dinamarca?

Endstille - Depois de um curto descanso, muito bem passado, fui rever estes blackers alemães. Pelo caminho um jagermeister para relembrar o ardor. Foi melhor que no ano transacto e, pelo menos desta vez, tocaram a "Navigator"!

Kamelot - Na minha running order tinha Lizzy Borden, mas fiquei por ali na conversa e já não me mexi mais. Foi porreiro, não oiço em álbum, mas até que se passou muito bem. Esta tarde está um pouco nublada....mas sei que curti.

Tarja - Esta também não estava na minha lista, mas fui lá matar a curiosidade lol. Luís foram 3 músicas? Tantas? Pensei que tivessemos visto uma e bazado logo. Terrível, foi bom ver-te Tarja.

Arch Enemy - Cheguei muito a tempo de um bom concerto. Os gajos num palco daqueles têm um poder enorme e a voz da Angela mete medo até ao susto. Animal.

Grave Digger - A noite caíra e as gaitas subiam ao palco. «Tunes of War» na integra, mais 3 ou 4 temas clássicos, fizeram deste O concerto do dia e um dos concertos do festival. Absolutamente heavy metal! Que saia o DVD porque isto merece! As participações especiais de Doro e do Hansi também foram óptimas.

Slayer - Para sair do recinto foi um problema....depois voltar era de loucos. Slayer vi pelo ecrã gigante, sentado. Entretanto aprendi um pouco mais de alemão e ensinei português.

Anvil - Estava na grade para Atrocity (sim, não percebo porquê LOL), mas ainda faltava 1 hora. Por isso desloquei-me ao palco ao lado e, sem saber, estes estavam a começar. Vi até ao fim, mas foi uma granda seca...e com Imperium Dekadenz a tocar noutro sítio.

Atrocity - Lá voltei então à grade onde se escreveu a "Fear of the Key" com letra de Sickness e Shazambrah e voz de uma centro-americana qualquer lol. Visualmente foi bem fixe, pena é que eu não conhecia as músicas. Espectáculo ousado!

Dia 7 - O sonho.

Tinha 2 bandas na lista, mas não interessava muito e, como tal, fui comprar umas coisas. Era a ultima oportunidade para o fazer. Assim, o dia metálico começou pelas 14h30.

Kampfar - Tremendo! É sina ver black metal à tarde, em Wacken, mas apesar da luz do dia e do muito, muito, muito calor (até eles fizeram referência a isso) deram um concerto do c*ralho. Bom início para um dia de sonho.

Overkill - Os patinhos feios, para mim. Não gostava e continuo a não gostar. Aquele ar de rufia não me convence. Vá lá que não era o único no seio da comunidade portuguesa! A seguir usámos a sombra da tenda red bull para passar um pouco pelas brasas, enquanto os Delain tocavam logo ali e teimavam em incomodar o sono duma pessoa.

WASP - Um clássico. Mais uns avós. Diz quem já os viu mais vezes que perdem qualidade de concerto para concerto, mas como foi a primeira vez que os vi e não tenho termo de comparação, acho que foi jeitoso. Tivemos foi azar com o som que estava um perfeito nojo, naquela zona. "Wild Child" é um malhão!

Týr - Um dos momentos mais aguardados. Não desiludiram. Faltava quase 1 hora e já lá estava, pois no wackinger se um gajo se atrasa já não vê a ponta de um corno, mas o palco deste ano era mais digno. É sem dúvida uma das bandas em melhor forma neste momento e prova disso foi o sucesso do último álbum e o público que estava lá para os ver e cantar com eles. Corpos sobrevoavam as milhares de cabeças que não paravam de rolar. Hold the heathen hammer high!

Edguy - Power metal com azeite extra virgem à maneira. Gosto muito da voz do Tobias e canções como "Tears of a Mandrake", "Vain Glory Opera" ou "King of Fools", fizeram as minhas delícias. Metal gay uma merda! Grandes malhas! Vi este concerto, muito chegado à esquerda porque a seguir vinham determinados senhores e eu tinha de os ver de perto.

Immortal - Bem, finalmente! O concerto do festival; do outro mundo. O Abbath é uma personagem que só visto. Tocaram bem, faltou a Tyrants ou a Blashyrk, mas foi uma hora de grande som! É complicado descrever...estive lá, senti na pele e trouxe uma pequena recordação. Perdi Candlemass que deve ter sido fantástico, mas não trocava isto por rigorosamente nada!

Tiamat - O Wildhoney é soberbo, mas este concerto teve um senão. É que durou uma hora e o disco só tem 40 minutos. Ou seja, estiveram muito tempo com passarinhos a piar, o que aqui e ali, quebrava um pouco o ambiente. Mas foi bonito! "Whatever that hurts" e "Gaia" são das melhores coisas feitas por eles e abrir um concerto assim é de levar as mãos à cabeça. Começaram a cair uns pingos de chuva, finalmente diria eu, exactamente quando se ouve chuva a sair das colunas! Chocolate quente para começar a aquecer.

U.D.O. - The last but not the least. É daquelas bandas/sons que, independentemente de gostarmos das letras e de serem azeiteiras ou não, um gajo ouve e diz "isto é que é heavy metal!". A chuva caía com intensidade e "Balls to the Wall" punham fim ao Wacken deste ano. Faltou a "Fast as a shark" pa! Fim em grande e regresso à tenda!

Manhã seguinte, arrumar as tralhas, destruir tendas, peladinha e voltar a hamburgo para conhecer um pouco da cidade e descansar.

Não é muito fácil escrever aquilo que se viveu. Olhe-se simplesmente para as centenas de fotos, que ilustram bem todas as recordações que vieram na bagagem. Absolutamente fabuloso, Wacken!

Sickness
Sickness

Mensagens : 1627
Data de inscrição : 10/08/2009
Idade : 36
Localização : Amadora

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Shazambrah 19/8/2010, 16:49

Sickness escreveu:Não é muito fácil escrever aquilo que se viveu. Olhe-se simplesmente para as centenas de fotos, que ilustram bem todas as recordações que vieram na bagagem. Absolutamente fabuloso, Wacken!


Temos de marcar um visionamento
Shazambrah
Shazambrah

Mensagens : 191
Data de inscrição : 06/08/2009

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por DarkCapricorn 21/8/2010, 02:21

bom finalmente arranjei algum tempo para vir aqui deixar as minhas impressões sobre os concertos que vi na terra prometida... ora cá vai:

1º dia

Fiddler's Green - folk music will never die! e a julgar pelo energético concerto da banda de munique que toca rock n'roll misturado com musica tradicional irlandesa, espero que não. grande concerto para abrir o apetite!

Red Hot Chilli Pippers - não, não confundir com a banda da california. estes escoceses pegam em cançoes classicas de rock e fazem covers das mesmas com gaitas de foles. um concerto muito divertido, dado por excelentes musicos, uma daquelas bandas que sabe sempre bem ver. depois do concerto fiquei com mais sede por hidromel...

2º dia

Skyline - 3 pontos altos deste concerto: hino do Wacken, All We Are interpretado pela Doro e Balls to the Wall por U.D.O.

Alice Cooper - um dos concertos que mais aguardava. a setlist foi muito boa, a prestaçao do artista e respectiva banda de cortar a respiraçao, o truque da guilhotina continua a ser perigosamente executado para surpresa de todos, mas acho que se o concerto tivesse sido de noite teria outra magia como foi no hellfest. ainda assim... este senhor não desaponta e voltarei com prazer a vê-lo se a oportunidade aparecer.

Motley Crue - gosto da banda e nunca os tinha visto ao vivo por variadissimas razoes. finalmente pude ver uma das bandas que mais marcou os 80's dentro do rock e do metal e confesso que a setlist podia ter contemplado mais algumas musicas do ultimo album que é dos melhores da carreia... mesmo assim tocaram os classicos todos sem deixar creditos por maos alheias. o bom velho rock n'roll de L.A. ainda vive... e ainda bem. 5 shots!

Iron Maiden - para muitos o momento do festival. para mim foi um grande concerto. a setlist por aquilo que já tinha visto nos espectaculos anteriores nao iria andar muito longe do que assisti e ja estava preparado para ouvir musicas dos ultimos 3 albuns e a El Dorado do novo The Final Frontier. ainda assim fiquei surpreso por terem tocado a running free. continuam passados estes anos todos a ser "a banda de heavy metal" em todo o seu explendor e excelencia, e uma das razoes mais fortes pelas quais eu oiço o som eterno. gostei mais do concerto de 2008 mas este foi igualmente inesqueçivel!

3º dia

Dew-Scented - death metal ao pequeno almoço. nada mau... já os tinha visto no hellfest e gostei. agora voltei a gostar embora confesse que por momentos nao prestei muita atençao devido às movimentaçoes que vinham do palco, em que estava a ser preparado o concerto de amorphis. vi o concerto devido ao facto de estar na frente desse mesmo palco e gostei do que ouvi e vi.

Amorphis - o momento do festival para mim. grande actuaçao da historica banda finlandesa, muito poder e entrega, uma grande setlist majestalmente interpretada, uma prestaçao que fica para a posterioridade de grandes musicos cheios de talento que continuam passados estes anos todos e desfilar originalidade. felizmente que desta vez não houve precalços externos como em 2007... e todos agradecemos quer gostemos da banda ou não. voltem sempre... em qualquer palco, em qualquer sitio, são os maiores.

Orphaned Land - confesso que não conhecia a banda. em conversa com um dos varios bacanos com o qual viajei este ano para o festival, e como tinha um furo na minha running order, decidi dar uma oportunidade à banda porque eu tenho um lema que ganhei depois de algum tempo nestas andanças "as grandes bandas vêm-se ao vivo". e foi uma banda que eu tive a oportunidade de ver... do nada apanhei-me a dançar com duas alemãs, a curtir o concerto, e há pouco tempo ouvi o ultimo album que gostei. estes senhores estão de parabens, grande concerto e ganharam mais um ouvinte. pormenor, gostei da dançarina que subiu ao palco.

Hackneyed - hora de ir até a tenda curtir death metal. apesar de só conhecer um album destes jovens alemães, gostei do concerto. momento alto: ouvir a finger on the trigger enquanto faziam headbanging com uma alemã matolona lado a lado. momento de puro heavy metal.

Evile - grande concerto... e só sai de cima do bar da tenda onde estava sentado a descansar as pernas e a beber uma cerveja para conhecer a menina dos enforcer e curtir desmasuradamente a BOUND DOWN TO THE THRAAAAAASHEEEERRRR!!!

Die Apocalyptishen Reiter - uma dos momentos que mais aguardava, a prestação de uma das melhores bandas que conheço a cantar em alemão. e não desulidiram... no seu habitat natural, tocaram e encantaram, quase todos os classicos... mas o momento alto foi mesmo um dos melhores temas de metal de sempre na minha opiniao: We Will Never Die. um hino a todos nós.

Kamelot - mais outro grande concerto na terra onde os sonhos se realizam. excelente prestaçao, embora com alguns problemas de som... mas os classicos estavam lá e a vontade de divertir a malta também.

Arch Enemy - outro dos momentos pelos quais mais aguardava, o concerto de uma das melhores bandas de death metal de sempre. Michael Amott e companhia não deixaram ninguem indiferente ao potente som da banda que tocou todos os classicos e ainda nos brutalisou com um grande concerto. Angela Gossow mais uma vez com uma presença fantastica em palco. entre hellfest e wacken nao consigo decidir... esta banda só dá bons concertos!

Grave Digger - chegou a altura de assistir a um dos momentos mais gloriosos de sempre do heavy metal. a hora que se iria seguir seria o desfile integral de um dos melhores albuns de sempre do genero e o melhor da banda, Tunes of War. desde a entrada em palco de um grupo de gaita de foles ao debitar dos classicos que compoem o majestoso album, a banda deu um monumental espectaculo que contou com a presença dos Van Canto nas back vocals, da Doro no tema Mary Queen of Scots (momento inesqueçivel para mim), e do vocalista Hansi Kürsch dos Blind Guardian. gostei de ver o pormenor do "Grave Digger" na mesa de mistura do lado esquerdo do palco. Final em cheio: Heavy Metal Breakdowwwwwwwwwwnnnnn!!!!

Slayer - outra das bandas que mais aguardava. mais um concerto demolidor. estes tipos lançam qualquer descarga sem dó nem piedade e orgulham-se disso... e ainda bem que assim o é. uma banda que passados todos estes anos ainda consegue-nos deixar com aquela dor aguda na parte de trás do pescoço, mas isso só pode significar uma coisa... headbanging durante todo o concerto, e foi mesmo isso mesmo que aconteceu no meu caso. o pessoal a minha volta ficou um pouco surpreso por ainda me aguentar em pé depois de tal descargar de adrenalina. como já li aqui no forum: é o poder do heavy metal!

Anvil - uma das bandas mais injustiçadas da historia do heavy metal, na minha opiniao por serem canadianos e nao britanicos ou americanos ou nordicos ou germanicos, finalmente tem por estas alturas o seu direito à gloria e diga-se é inteiramente justo e merecido. foi um concerto muito melhor que o do hellfest, e tocaram alguns temas bem catitas sem esquecer a metal on metal. gostava que tivessem tocado a free as the wind mas continua esquecida nao sei porque. resumindo... foi bom ter visto Anvil.

Atrocity - concerto estranho. primeiro tocaram musicas dos primeiros albuns e o publico que estava a espera de um concerto baseado, segundo indicaçoes da organizaçao, nos albuns Werk 80 I e II ficou meio à nora e até vi algumas miudas a abandonar o local. depois começam a melhorar à medida que o concerto foi avançado mas até altura só tinham tocado um tema que apreciei, do melhor album da banda Atlantis tocaram a Clash of the Titans, para mim momento alto do concerto. depois lá chegaram entao 4 musicas dos Werk 80 cm a liv kristine a dar um ar da sua graça e com umas meninas no palco a tentar acordar a malta. não foi um bom concerto, mas também nao foi mau de todo.

4º dia

Unleashed - chegou finalmente a hora de assitir a uma das bandas mais influentes de sempre da historia do death metal e que ajudou o movimento viking metal também a crescer. falou dos suecos unleashed, que deram um brutal concerto com todos os classicos a que a malta tem direito. concerto orgulhosamente assistido nas grades com muita energia. o realizar de mais um sonho finalmente cumprido, e um agradecimento especial à companhia que tive neste concerto.

Delain - gostei de voltar a rever a banda depois da actuaçao no hellfest. e confesso que gostei mais no wacken. de todas as bandas com voz feminina, esta realmente merece todo o meu respeito e atençao pois não fazem um som chato. a senhora canta muito bem, as guitarras estão lá, e os teclados não enjoam, apenas cumprem o seu dever. e no final... confetis.

Overkill - uma das bandas mais unfluentes de sempre do thrash metal, uns senhores de palco que não sabem dar maus concertos. o som estava optimo, grande atitude, brutalidade straight to your face, sem regras nem limites, e uma grande setlist. venham mais matanças sonoras!

Wasp - finalmente consegui ve-los ao vivo e gostei imenso. os classicos estavam lá, a atitude também, e os musicos estavam a dar mesmo o seu melhor. inesqueçivel também foi o solo da The Idol e ainda o tema Wild Child! momento engraçado: o facto de ter estado do lado direito do palco e durante o momento em que o publico faz barulho a pedido da banda, ter ouvido o Blackie Lawless a dizer "you know... these people from this side are telling: you suck!" 2-0. quem gosta disto, gosta mesmo disto a sério.

Týr - corrida para apanhar um bom lugar para ver uma das bandas mais influentes do movimento viking metal, um dos porta bandeiras do genero. e os faroenses não desiludiram. por entre cabeças, crowdsurfing, bebados e miudas espantadas por eu saber as letras dos temas da banda (quem gosta disto, gosta disto a sério) vi um excelente concerto de uma banda que deu um salto enorme em termos de qualidade. Hold the Heather Hammer High... um tema para ficar na historia do metal!

Edguy - corrida mais que desenfriada para apanhar o possivel do concerto do génio Tobias Sammet e companhia, uma das bandas que mais queria ver. ao ouvir ao longe a tears of a mandrake já me estava a passar e quando cheguei ao recinto, a loucura foi ainda maior e continuo enquanto cantarolava os temas da banda. momento alto do concerto, Vain Glory Opera, um dos melhores temas de heavy metal de sempre. um grande concerto daquilo que tive oportunidade de ver e espero ter a oportunidade de os ver em breve novamente... já que ao Tobias Sammet vou poder ve-lo para o ano novamente na terra prometida, mas no terreno dos Avantasia.

Immortal - um dos concertos mais aguardados do festival. grande setlist, embora a do hellfest tivesse sido melhor, esta também foi muito boa. headbanging desenfriado, um grande som, o humor caracteristco do Abbath... todos os condimentos estavam reunidos para uma noite inesqueçivel. e assim o foi. grande concerto de uma das melhores bandas de black metal de sempre. "We are Immortal, the band that should not be!.............smile..................................................................... Sons of Northern Darkness" c*raaaaalheeeee

Soulfly - grande concerto. estava um pouco ceptico depois do que tinha visto no rock in rio, mas Max e companhia nao me deixaram ficar mal. grande atitude, grande setlist, grande entrega, enquanto aparecia nos ecrans "no circle pits" o Max desafiava a malta "keep the circle pit going!", mas até foi um grande concerto. fez-me acreditar que a banda ainda tem muito para dar, e que os albuns deles não sao assim tao maus como julgava. um concerto muda tudo.

Tiamat - acredito perfeitamente que para quem nao conhece o classico album Wildhoney que apenas tenha apreciado parte do concerto. eu fiquei entusiasmado com a ideia de ver este album tocado na integra ao vivo por uma das poucas bandas de metal de vertente mais gotica, que eu aprecio e respeito. foi um album que marcou uma parte da minha vida e gostei do concerto embora por vezes senti que a banda o esticou demasiado. podia ter usado esse tempo para tocar alguma coisa dos albuns mais recentes. contudo no final sai satisfeito, com aquele sorriso nos labios de quem recordou bons momentos, de quem viu um bom concerto, mas infelizmente, estava tudo prestes a terminar.

U.D.O. - ultimo concerto do festival antes de arrastar o que sobrava deste corpo para a tenda. grande concerto, grande postura, UDO continua a ser um animal em palco e um dos maiores frontman da historia do heavy metal. uma grande setlist com os momentos altos do concerto a serem a princess of the dawn e a balls to the wall, compostas quando o mitico vocalista ainda estava no accept. foi um excelente concerto para terminar o festival, eu é que já nao estava em condiçoes de curtir seja o que for.

resumindo foi isto... sei que está um pouco comprido mas as emoçoes foram muitas. para o ano a mais... WACKEN!
DarkCapricorn
DarkCapricorn

Mensagens : 165
Data de inscrição : 27/08/2009
Idade : 38
Localização : Asgard

https://www.facebook.com/daniel.lemminkainen

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por acorianoCOB 22/8/2010, 03:28

Melhores concertos:
1º Grave Digger
2º Rothing Christ
3º Orpahned Land
4º Edguy
5º Evile
Com as bandas que ja estão confirmadas para 2011 acho que ja posso comprar meu bilhete Very Happy
See you in 2011 rain or Shine |mm|
acorianoCOB
acorianoCOB

Mensagens : 31
Data de inscrição : 29/06/2010
Idade : 32
Localização : Açores/São Miguel/Ponta Delgada

http://www.lastfm.com.br/user/COBdeath

Ir para o topo Ir para baixo

W:O:A 2010 - Wacken, Germany Empty Re: W:O:A 2010 - Wacken, Germany

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo

- Tópicos semelhantes

 
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos