Cynic

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cynic

Mensagem por JMG em 9/6/2010, 00:01




A história dos CYNIC começa como a de tantas outras bandas, mas tem mais altos e baixos do que é habitual. Paul Masvidal e Sean Reinert começaram a fazer música juntos quando ainda andavam no liceu, mas só procuraram activamente outros músicos para formar uma banda depois de uma série de projectos e experiências a dois. Mark Van Erp no baixo e Jack Kelly na voz completaram a primeira formação oficial dos CYNIC. O quarteto ainda gravou a maqueta «'88 Demo», fortemente influenciada por bandas como os Kreator, Destruction e Dark Angel, mas pouco tempo depois Jason Gobel foi adicionado na segunda guitarra e Masvidal decidiu acumular a função de vocalista com a de guitarrista.

Em 1989 gravaram a maqueta «Reflections Of A Dying Word», uma descarga de puro thrash/core com um cunho punk bem vincado, e substituíram Van Erp por Tony Choy. Nos dois anos seguintes o grupo não sofreu mexidas, gravou uma terceira maqueta e começou a tocar ao vivo com mais frequência, cimentando uma base de seguidores – sobretudo na Florida.

Apesar de viverem no meio da explosão death metal da altura e de estarem atentos ao que os conterrâneos Death e Atheist faziam, as referências dos músicos estavam a mudar de uma forma dramática. As capacidades técnicas e criativas dos músicos estavam a crescer muito rapidamente e, de uma forma natural, começaram a interessar-se por música ainda mais complexa – estilos como o jazz, bebop, fusão e artistas como Mahavishnu Orchestra, Allan Holdsworth, Pat Metheny, Frank Zappa e até os The Beatles e My Bloody Valentine começar a influenciar a música da banda à medida que as suas colecções de discos iam crescendo.

No início de 1991, quando gravaram uma demo financiada pela Roadrunner, já se tinham transformado, graças a muito trabalho, numa banda de metal progressivo/death. Atento ao que se passava à sua volta, Chuck Schuldiner (dos Death) convidou então Paul e Sean para, com a ajuda de Steve DiGiorgio, gravarem «Human». O disco transformou-se num clássico e, graças a «Lack Of Comprehension», os Death tiveram pela primeira vez direito a tempo de antena por parte da MTV. Tony Choy, por seu lado, estava ocupado a tocar com os Atheist e Pestilence. Pelo meio Paul ainda arranjou tempo para gravar um disco com os Master e Jason Gobel trabalhou com os Monstrosity no seu disco de estreia.

Por esta altura, graças à exposição que os músicos estavam a gerar com um apertado calendário de colaborações, os CYNIC eram vistos pela sua própria editora como “a banda underground mais popular que nunca gravou um álbum”. Grande parte de 1991 foi passada na estrada com os Death e, já em Outubro do ano seguinte, quando a banda estava finalmente prestes a gravar o disco de estreia, a sua sala de ensaios foi destruída pelo furação Andrew.
Ainda em 1992 foi incluída uma versão demo de «Uroboric Forms» na compilação «At Death's Door II», que anunciava Maio de 1993 como a data de edição do álbum. Com Choy a abandonar para se juntar a tempo inteiro aos Atheist, a banda viu-se a braços com mais uma reestruturação, que só atrasou ainda mais todo o processo e acabou com Steve Digorgio a gravar as linhas de baixo. «Focus» chegou aos escaparates em Setembro de 1993, dois anos depois da última maqueta. A música era diferente de tudo o que tinham feito até ali... e de tudo o que se fazia à sua volta.

A banda, já com Sean Malone no lugar de baixista, viu uma digressão europeia acabar a meio face à separação dos Pestilence em plena tour e, com os Cannibal Corpse, fez uma rota de três meses pelos Estados Unidos, mas a incapacidade de manterem uma formação estável atirou-os rapidamente de volta à sala de ensaios. Seguem-se mais mudanças de formação e um nível de criatividade tão elevado que, a meio do processo, os músicos decidem começar a trabalhar sob uma nova designação. Gobel, Masvidal e Reinert, com o baixista Chris Kringel e a vocalista/teclista Aruna Abrams, criaram os Portal. O projecto durou pouco tempo, com os inseparáveis Masvidal e Reinert a reunirem-se novamente nos Æon Spoke.

Em Setembro de 2006, doze anos depois de se terem separado, os CYNIC anunciaram que estavam de volta ao activo e, durante o Verão de 2007, fizeram 15 espectáculos na Europa. O núcleo da banda mantinha-se inalterado, com Paul Masvidal na guitarra /voz e Sean Reinert na bateria, mas – por razões ligadas a compromissos familiares ou laborais – Jason Gobel e Sean Malone fizeram-se notar pela sua ausência. Os concertos foram feitos com o guitarrista David Senescu e o baixista Chris Kringel, que foram substituídos nas gravações do há muito aguardado segundo disco de originais por Tymon Kruidenier e um regressado Sean Malone.

«Traced In The Air» foi finalmente revelado ao mundo em Novembro de 2008 e deixou toda a gente de boca aberta, sobretudo pelo engenho que caracterizou esta reinvenção de uma das propostas mais inovadoras alguma vez saídas do universo da música extrema. Mostrando que a idade não lhes tirou a vontade de estar constantemente a quebrar barreiras, e que o baixista Robin Zielhorst parece ser a peça que faltava para encontrarem alguma estabilidade, «Re-Traced», o novo EP com reinterpretações de temas do último álbum e um original, promete dar que falar.


http://www.myspace.com/cyniconline

_________________
CDs, DVDs, Tapes e Patches para venda
Nu Thrash, taking the h from thrash metal for many years

JMG

Mensagens : 11211
Data de inscrição : 04/08/2009
Localização : Corroios/Miratejo

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Jorge.Geiras

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cynic

Mensagem por Pedro Miguel \m/ em 10/6/2010, 01:17

...Cynic, para mim e daquelas coisas, que tem algo de paradoxal, digo isto porque, ha muita gente que critica em determinados estilos, do metal, a inclusao de intrumentos e estilos que nada tem a ver, com o referido universo, e quando se fala desta banda, ja sao os herois, as vezes ha coisas que, nao sao faceis de entender, e cynic, e um exemplo..... rabbit

Pedro Miguel \m/

Mensagens : 161
Data de inscrição : 05/08/2009
Idade : 45
Localização : Covil do Dragao

Ver perfil do usuário http://www.myspace.com/pedromag9

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cynic

Mensagem por Valter em 10/10/2011, 23:36



Carbon-Based Anatomy (EP)

1. Amidst The Coals
2. Carbon-Based Anatomy
3. Bija!
4. Box Up My Bones
5. Elves Beam Out
6. Hieroglyph

Release date: November 11th, 2011

Valter

Mensagens : 3065
Data de inscrição : 07/08/2009
Idade : 40

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cynic

Mensagem por Garras em 11/12/2013, 16:32


Garras

Mensagens : 1261
Data de inscrição : 04/08/2009
Idade : 40
Localização : Tomar

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/SergioGarraio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cynic

Mensagem por Valter em 7/2/2014, 01:08



1. True Hallucination Speak
2. The Lion's Roar
3. Kindly Bent to Free Us
4. Infinite Shapes
5. Moon Heart Sun Head
6. Gitanjali
7. Holy Fallout
8. Endlessly Bountiful

Release date: 14 Fevereiro 2014

Valter

Mensagens : 3065
Data de inscrição : 07/08/2009
Idade : 40

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cynic

Mensagem por Garras em 7/2/2014, 14:07


Garras

Mensagens : 1261
Data de inscrição : 04/08/2009
Idade : 40
Localização : Tomar

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/SergioGarraio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cynic

Mensagem por Santyago em 10/9/2015, 18:21

Acabou a banda, outra vez

It is with a heavy heart that I post today's CYNIC news. CYNIC is no longer an active band. Due to artistic and personal differences, the second chapter in the ‘BOOK OF CYNIC’ has come to an end.
I will say the last shows we played in JAPAN have left me with a positive charge, even though they were the last live performances with Paul, Sean Malone & I on the same stage. My longstanding creative partnership with Paul, which started when we were very young kids in south Florida, has simply endured so much friction that there is no way, from my perspective, that CYNIC can be salvaged, repaired or kept afloat by any means.
I profusely apologize to the fans who were not only expecting us in China & Taiwan (that was not our fault), but to the fans who were planning to see us in Europe next month. These things happen, unfortunately, to bands. There can be differing levels of conflicts and/or differences in opinions, musical directions, or perspectives. Sometimes these things are insurmountable, and no amount of time or effort can resolve them. This is the case with CYNIC.
This page will stay up, and of course there are our respective personal pages and websites that will continue to let everyone know what we’re doing individually.
I wish all of you love & peace.
-Sean

https://www.facebook.com/CynicOnline?fref=ts




Parece que não. Está em disputa o futuro da banda, porque Masvidal disse que queria continuar com a banda, seja de uma forma ou doutra

_________________
05/12/1927 - 21/04/2010
25/12/1924 - 24/09/2011

It's not a lie... if you believe it - George Constanza

Santyago

Mensagens : 1719
Data de inscrição : 06/08/2009
Idade : 27
Localização : Rua Duarte Galvão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cynic

Mensagem por JMG em 13/9/2015, 08:26


_________________
CDs, DVDs, Tapes e Patches para venda
Nu Thrash, taking the h from thrash metal for many years

JMG

Mensagens : 11211
Data de inscrição : 04/08/2009
Localização : Corroios/Miratejo

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Jorge.Geiras

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cynic

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 19:33


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum